Brasil – O país da Renda Fixa

Por Carlo Moratelli

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

A curva de juros no Brasil voltou a negociar acima de 12% ao ano no mês de outubro, enquanto o Índice Bovespa acumula uma queda aproximada de 13% em 2021. Com isso, os investidores voltaram a questionar se o risco ou a volatilidade do mercado de ações realmente compensa o retorno de longo prazo.

Para quem está acostumado com o Brasil – onde os juros permaneceram abaixo de 10% ao ano por pouco tempo – já começa a ficar claro que investir em Renda Fixa com certeza é um bom negócio e isso fica ainda mais evidente se olharmos o comportamento do mercado nos últimos 10 anos.

Dados da Indústria - Gráfico - more invest

As chances de um retorno podem ser ainda melhores se o investimento em Renda Fixa for com Crédito Privado, onde as taxas podem alcançar até 4% acima do CDI ao ano. Mas, infelizmente, poucas pessoas têm acesso e conhecimento sobre esse tipo de produto, uma vez que as taxas de Crédito Privado de banco são menores.

Para este tipo de produto, parece existir um desinteresse por parte da “indústria de fundos” e bancos em divulgar e dar mais profundidade ao assunto. Talvez pelo fato de concorrerem no fomento de empresas de pequeno e médio porte ou pela complexidade do produto. Porém, muitos destes podem ser mais seguros do que comprar títulos de uma única empresa e/ou títulos de alguns bancos.

Pensando nisso, a More Invest está disponibilizando uma cartilha de “Como investir em Renda Fixa”. Aproveitem, porque o Brasil voltou a ser o que sempre foi: o país da Renda Fixa!